Icatu Seguros otimiza investimentos em geração de leads com a SafetyMails
31
Janeiro

Foco no relacionamento com clientes e proteção dos investimentos em marketing fizeram a Icatu optar pela validação de e-mails com a SafetyMails

 

CASES DE SUCESSO – A Icatu Seguros, maior seguradora independente de vida e previdência do Brasil, identificou o Inbound Marketing como uma parte fundamental do processo de vendas de seus produtos de seguro. E eles perceberam que a sensibilização, parte muito importante da prospecção, poderia ser feita de maneira digital, principalmente através do e-mail.

A Icatu recebe um grande volume de informação de seus leads. E, dentre todo este montante de informações, principalmente os e-mails, que seriam o principal canal de comunicação da sensibilização digital, teria que ser validada para manter a integridade da comunicação e a qualidade dos envios.

Dentro da qualidade dos envios, uma das preocupações era com o relacionamento com a plataforma de envios contratada que, caso haja uma incidência grande de e-mails com problemas (bounces), poderia até mesmo realizar o cancelamento da conta.

Humberto Sardenberg, superintendente da Icatu Seguros, cliente SafetyMails
Humberto Sardenberg, Superintendente da Icatu Seguros

Segundo Sardenberg, “isso significava que o investimento que a Icatu tinha feito, de milhões, para desenvolver esse novo canal, estava com risco claro”.

A equipe de Sardenberg chegou a pensar em fazer o processo de validação internamente, mas chegaram à conclusão de isso acarretaria um trabalho desnecessário (e ineficaz). Então, buscaram uma maneira de automatizar esse processo de validação “de maneira muito simples e intuitiva” para retroalimentar seus parceiros de negócios.

Era preciso saber se os e-mails existiam, se eram armadilhas, se podiam prejudicar a reputação da Icatu.

Pesquisando o mercado, encontraram a SafetyMails: “a gente viu algumas coisas muito interessantes. A gente gostaria de corrigir o e-mail, caso ele estivesse digitado errado (por exemplo). O que a gente encontra aí de ‘gamail’, ‘yahii’, ou coisas muito parecidas com o que provavelmente a pessoa gostaria de ter digitado, ou a pessoa que fez o cadastro, sem querer, escreveu errado”.

Procurando e comparando várias soluções, viram na SafetyMails a solução mais adequada para a execução dos negócios da Icatu: “a mais adequada, custo-benefício muito bom, e ela eliminava completamente o meu problema”, completa Sardenberg. A partir de agora, a Icatu enviaria suas campanhas “sabendo, tendo o conforto e a confiança de que esse e-mail era validado. Esse problema sumiu de um dia para o outro desde que a gente começou a trabalhar.

Ainda segundo a Icatu, isso otimizou verdadeiramente os processos, pois não foi necessário adicionar etapas ou realizar capacitações de equipes, nem adotar novas medidas de desenvolvimento e ainda protegeu o investimento anterior.

Humbert Sardenberg ressalta a facilidade de implementar a SafetyMails nas rotinas diárias da Icatu, dizendo que “colocar um software novo ou um serviço novo para dentro de uma empresa é algo que normalmente é desgastante. Não foi esse o caso! Quando resolveu começar a usar, a partir da segunda, terceira vez, já era tudo muito normal.”

Também houve feedback positivo das equipes: “as pessoas ficam mais confiantes em trabalhar com a gente”. Isso se deve ao fato de validar, verificar e higienizar todas as bases utilizadas no processo de prospecção.