SafetyMails lança pesquisa 2019 de qualidade de e-mails
14
Maio

Pela terceira vez, desde 2015, a SafetyMails libera pesquisa que retrata como as empresas lidam com seus dados de endereços de e-mail, desde a captação até a gestão.

 

[PESQUISA] A SafetyMails lançou a nova edição da pesquisa “Qualidade das bases de e-mails no Brasil”, que retrata como empresas e gestores estão lidando com a geração de leads. A pesquisa é publicada no Brasil desde 2015 e está na sua terceira versão.

O objetivo da pesquisa é a construção de um retrato fiel do mercado nacional de e-mail marketing, sob o ponto de vista da construção e gestão de bases de e-mails, orientando os profissionais sobre os principais aspectos que necessitam de atenção no dia-a-dia.

Download da pesquisa 2019 - SafetyMails - Qualidade das bases de e-mails no Brasil

 

1- Pesquisa retrata índices de bounces do mercado nacional

A pesquisa foi baseada em estudos realizados ao longo de 1 ano com mais de 250 milhões de registros de e-mail de mais de 3.000 clientes da plataforma da SafetyMails.

Embora a SafetyMails possua clientes em vários países como Estados Unidos, México, Colômbia, Argentina, Portugal e Espanha, os dados analisados nesta pesquisa refletem o cenário do mercado brasileiro, onde a plataforma é lider de mercado e atende desde agências de marketing digital e profissionais liberais, a gigantes como Webmotors, FGV, ContaAzul e Ifood.

Rodrigo Gonçalves, CFO da SafetyMails e responsável pela apuração das informações, afirmou que “compreender as tendências do mercado e antever os principais erros cometidos por leads e clientes ajuda a identificar falhas em processos e a criar táticas que elevem o padrão de qualidade e, consequentemente, os resultados da empresa como um todo”.

Devido à sua relevância para o mercado, a pesquisa conta com a parceria da Resultados Digitais e da Rock Content em sua divulgação, promovendo a ampla disseminação de conhecimento, que é um dos valores da SafetyMails.

2- Análises divididas em 22 setores de negócios

A novidade da edição 2019 fica por conta da inédita segmentação do estudo em 22 setores de mercado, com composição das bases e incidência de e-mails inválidos e de risco, sendo

Além das análises por setor, também serão publicados mais 8 cenários de análise comparativa entre setores, pela característica dos emails: por tipo de erro (inexistentes, erros de sintaxe, domínios inválidos), por risco dos e-mails (spamtraps, e-mails descartáveis, junk, scraped emails) e um comparativo de setores mais sensíveis.

Tenha acesso a mais de 40 páginas de gráficos analíticos e compreenda as principais áreas sensíveis da geração de leads de emails.

Faça download agora mesmo. É grátis!

Download da pesquisa 2019 - SafetyMails - Qualidade das bases de e-mails no Brasil